Reflexões musicais sobre um comentário infeliz

Recebi um comentário no meu post onde comento o porquê de não existirem os playbacks dos meus DVDs. Veja como o autor fala a meu respeito e da visão que ele tem da música instrumental na igreja:

Mesmo assim, ainda acho um pouco de egoísmo. Porque não é em toda igreja que tem banda e músicos, há lugares que não há nem mesmo um aparelho de som. Mas para ele é fácil falar, né?! Ele é rico e frequenta uma igreja luxuosa onde vários integrantes tem dinheiro pra comprar o instrumento que quiserem. Espero que o Daniel perceba que o mundo dos outros não é como o dele, e que há realidades bem diferentes dentro de um mesmo país.

(Johnatan Alves – comentário postado publicamente pelo autor no meu blog em 2/08/13 em resposta ao artigo “Porque não existem playbacks dos DVDs Salmos e Filhos de Israel?”)

Meu Deus!! O problema aqui vai além da falta de respeito à minha pessoa e inverdades jogadas na minha cara (que comento no adendo ao final do texto).

Quero chamar atenção para a curta visão do status quo de nossa música, como reza Johnatan Alves, acomodando-se à ideia de que não podemos mudar a realidade musical de nossas igrejas.

Quem disse que só as igrejas “luxuosas” podem ter instrumentos?
Quem disse que só existem instrumentos caros?
Quem disse que por não existirem músicos em algumas igrejas eles não podem ser “gerados” e “incentivados”?

Enquanto Johnatan busca uma visão imediatista da música, querendo PLAYBACKS aqui e agora, preocupo-me com a recente revolução musical que começou na Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Ando pelo Brasil inteiro e posso afirmar, em contraposição à austera fala de Johnatan, que igrejas pequenas e grandes têm acordado para a necessidade de uma adoração viva, menos formal, mais autêntica, embalada por instrumentistas consagrados, ensaiados, e com um objetivo claro na adoração.

Dinheiro nunca será um empecilho. Nunca foi tão fácil aprender um instrumento. Nunca foi tão fácil comprar um instrumento (meu primeiro violão custava pouco mais de R$ 100,00 rsrs). Quando a música é prioridade, sacrifícios são feitos. Mas acredito que não são tantos que têm disposição de comprar um celular mais barato pra investir dinheiro em um instrumento, por exemplo. Aí fica fácil dizer que as coisas nunca vão mudar e só os membros de igrejas luxuosas podem comprar instrumentos.

Que Deus mude essa visão tão pequena de alguns. Assim, talvez eu receba no futuro alguns comentários felizes!!

(Adendos)

“Egoísmo” – Como assim? Os DVDs vêm com partitura vocal, cifra, power point, itens que também disponibilizo gratuitamente no meu blog, e recebo a alcunha de egoísta?  Difícil.

“Ele é rico” – rsrsrsrsrsrs. Só posso rir. Sem comentários. Se ele visse meu contracheque nunca teria coragem de dizer tamanho absurdo.

“Frequenta uma igreja luxuosa” – Quando comecei a desenvolver trabalhos na área de ministério de louvor, eu era pastor de igrejas no interior de Alagoas, um dos Estados mais carentes do Brasil. Comecei lá. Não foi numa igreja luxuosa. Sim, se essa é uma prioridade, não importa o tamanho ou poder aquisitivo de uma igreja.  Bem, a igreja “luxuosa” a qual você se refere, é uma igreja universitária que sempre investiu na música. Por isso ela é o que é hoje.

Vários integrantes tem dinheiro pra comprar o instrumento que quiserem – Pessoas apaixonadas por música fazem economias para investir em seus instrumentos. A maioria esmagadora dos instrumentistas de minha igreja são estudantes, mas mesmo com tantos gastos fazem da música prioridade! Fato!

Espero que o Daniel perceba que o mundo dos outros não é como o dele – É uma visão como essa que mantém o status quo: Os outros podem fazer acontecer porque têm condição; já eu, pobre coitado, continuo na mesma. Quem disse que é assim? Chegou a hora de mudar essa visão!!

Anúncios

28 Respostas para “Reflexões musicais sobre um comentário infeliz

  1. Pr. Daniel, não se deixe levar por esse comentário. Pessoas assim são pessoas que vivem sempre reclamando, mas não fazem nada para mudar de situação, até porque se fizerem irão reclamar do que?!!
    Minha família sempre investiu em música. Eu e minhas irmãs estudamos piano durante nossa infância e sempre cantamos tb, o que me deu uma noção de música mas com as tarefas da adolescência acabei me afastando do piano. Hoje, como mãe, incentivo meus filhos. O meu filho, seu xará, está fazendo piano a dois anos e a pouco mais de 1 mês tocou pela primeira vez na igreja em uma programação do Clube de Aventureiros (Fiquei com um orgulho santo confesso,rs), meu filho mais novo, com 8 anos, começa o violão semana que vem. o custo disso pra nós aqui em casa?!! 150 reais mensais. Não sou rica, eu e meu marido somos professores na rede adventista, o senhor pode imaginar que o nosso contracheque não é tão pomposo, mas essa é uma prioridade. Quero meus filhos tocando no futuro em minha igreja, louvando a Deus com os instrumentos ao vivo, como será no céu!
    concordo e aceito plenamente com a sua opção por não fazer playbacks, isso por exemplo teve um efeito muito positivo em minha igreja. Hoje, muito raramente usamos playbacks!

    Continue firme, já escrevi para o senhor uma vez e repito; O Senhor é um levita do SENHOR!! Deus continue abençoando seu ministério e sua família.

    • Estou morando em Uberaba (MG), frequento um gupo que tem mais ou menos 10 membros, a igreja não tinha som nem nada , sabe o que eu fiz????? Economizei e com a bênção de Deu compramos um som 3 em 1 e comprei um violão, digo que a solução é simples compre um violão !!!! As pessoas invés de solucionar o problema ficam colocando a culpa em outras pessoas!!!!!!! Seu dvd é ótimo para tocar fácil te tocar e inspirador. Deus continue te inspirando, críticas assim não devem ser levadas em conta…..

  2. Pastor,
    Sinto muito por esse comentário infeliz. Pelo que conheço do seu MINISTÉRIO (faço questão de ressaltar que é ministério e não trabalho), confirmo que é um comentário infeliz. E, penso que, como pessoa, podemos observar uma postura muito coerente, juntamente com Marla, visto que vocês são um só em Cristo. Não tenho posses, sou uma assalariada, simples, pedagoga e professora (nem preciso dizer minha realidade, né?), e, ainda assim, economizei por meses e talvez anos, para comprar um accordeon para a minha mãe. Ou seja, quando consideramos que a música tem poder para alcançar vidas e honrar o nome do Senhor, fazemos todos os sacrifícios.
    Por fim, Pr.Daniel, já o conheci pessoalmente e acompanho seu ministério, assim como tantos outros INTERCESSORES (ressalto que é isso que somos e não fãs). Tenho certeza, que assim como eu, eles concordam com suas palavras. Continuamos agradecendo a Deus por você e Marla, com a certeza de que Deus tem sido glorificado por vocês e tem abençoado muitas vidas. Se fôssemos colocar um valor por isso, não teria preço. Deus os abençoe e fortaleça cada dia mais. Um forte abraço!

  3. É verdade, Daniel. Eu concordo com a tua posição de não disponibilizar playbacks, e o melhor exemplo disso é a coleção de hinos do hinário que a IASD produziu no fim dos anos 90. Mesmo que tenha voz ao fundo e não seja de fato um playback, muitas igrejas deixaram de utilizar músicos tocando instrumentos ao vivo em prol de um slide morno e sem graça. Inclusive, quem hoje ainda leva hinário para igreja depois da referida coleção?
    Tocava piano quando era criança, tanto que sempre tive uma ótima noção musical por conta disso. Parei de tocar com cerca de 11 anos, e recentemente, recebi o incentivo de amigos da minha igreja para poder voltar a tocar. Tem sido sim uma bênção enorme na minha vida, inclusive tocando várias músicas tuas.
    Abraço!

  4. Eu sou exemplo do q o Daniel disse! Em 2010 separei R$ 150 pra comprar um violão, pra aprender a tocar pela internet. Eu não sabia nada! Na minha igreja ninguém tocava, ninguém é rico, mas o que conta mesmo é a determinação de querer aprender, e dedicar seus dons a Deus. Se a maioria das pessoas estudasse a filosofia da IASD com relação à música saberia que é preferível o instrumental ao Playback. Abraço

  5. Essa eu posso afirmar..

    Sou um aluno bolsista do UNASP-SP, sou um apaixonado por música e vivo para louvar ao meu Deus, desde que cheguei ao UNASP tive todos os incentivos para crescer na música, principalmente com o JOVEM CORAL UNASP através do regente Silmar Correia, eu louvo a Deus nesta mesma igreja que esta se referindo este jovem, e para comprar meu instrumento que custou 170 reais, que consegui através de um trabalho paralelo ao de minha bolsa estudantil, tive que priorizar o louvor e adoração a Deus, para um jovem universitário sem muitos recursos, 170 reais pode ser muito, mais para utilizá-lo a louvar a Deus, ainda e muito pouco..

    Tenho conhecido o Pr. Daniel muito nestes últimos meses, pois desempenho minhas atividades estudantis no colégio onde ele ministra algumas de suas aulas, e tenho certeza de que este e um “Homem de Deus” que através de seu ministério tem levado muitas pessoas a estarem mais próximas de Deus, não apenas por suas músicas ou por suas apresentações, mais pela pessoa que ele e diariamente no trabalho, nas alamedas do campus e pelo modo que ele trata cada pessoa com carinho e respeito.

    Quem sabe em uma destas programações não possamos louvar e engradecer o nome de Deus juntos.. hehe

    um grande abraço a todos.

  6. Querido Daniel.. seu Ministerio é muito lindo… inclusive o povo da igreja Batista .. admira muito seu trabalho.
    Estarei orando por te.
    Grande abraço!

  7. Não entendo mto de musica, mais acredito quando o louvor é puro e totalmente dedicado de coração a Deus n importa SE é com ou sem instrumento o louvor é aceito da msm grandiosidade q qualquer cantor seja ele da NOVO TEMPO ou não diante Deus somos tds iguais. Jhonatam se na sua igreja não tem neunhum instrumento cante asim mesmo e pede p Deus instrumentos q ele vai da n apenas instruments mais tamb quem sabe um lindo coral e reveja seus comentarios e tenha um pouco mais d Humildade!!!!

  8. É impressionante como as pessoas têm a mente fechada, e só sabem reclamar e reclamar…
    Pr. Daniel, sinto muito pelo ocorrido, de verdade. Gostaria de dizer que admiro seu ministério, como ressaltado pela Larissa Oliveira,(muito bem colocado querida). Quando se trata de um trabalho feito para Deus, sempre existem “obstáculos” para tentar nos desanimar ao longo do caminho…
    Sou admiradora de musica. Aprendi a tocar piano bem nova (ressalto tambem que não sou rica rsrsrs’), sempre tive um incentivo pra aprender musica. Infelizmente não consegui dar continuidade por conta da correria do dia-a-dia.. Confesso que fiquei impressionada quando vi as partituras em seus cd’s, muito legal e incentivador da parte de vocês! Me deu muita vontade e ânimo de voltar a tocar. (e vou fazê-lo em breve)..
    O ministério de vocês é uma benção, continue firme! Que Deus continue usando e abençoando vocês cada vez mais para alcançar o coração das pessoas!

    Abraçooos!

  9. Amigo, fica frio. Com certeza esse jovem tem alguma mágoa com alguém e quer desabafar. Você é um homem de Deus! Tive o privilégio de substituí-lo e ouvir histórias de como você é simples e dedicado. O jovem que fez o comentário desapropriado tem que lembrar que, quando se é fiel, as portas se abrem e Deus age.
    Espero que o Jhonatan Alves seja humilde como Cristo e reconsidere suas palavras. Oro por isso. Será mais cristão e mais sensato fazê-lo.
    E quanto a você meu amigo, continue sendo usado pelo Senhor e nos fazendo sentir a presença de Sua graça e nos sentir cada vez mais como Filhos de nosso Pai.

    Maranata!

    Pr. Linconl Almeida – Penedo/AL.

  10. Amigo, fica frio. Com certeza esse jovem tem alguma mágoa com alguém e quer desabafar. Você é um homem de Deus! Tive o privilégio de substituí-lo e ouvir histórias de como você é simples e dedicado. O jovem que fez o comentário desapropriado tem que lembrar que, quando se é fiel, as portas se abrem e Deus age.
    Espero que o Jhonatan Alves seja humilde como Cristo e reconsidere suas palavras. Oro por isso. Será mais cristão e mais sensato fazê-lo.
    E quanto a você meu amigo, continue sendo usado pelo Senhor e nos fazendo sentir a presença de Sua graça e nos sentir cada vez mais como Filhos de nosso Pai.

    Maranata!

    Pr. Linconl Almeida – Penedo/AL.

  11. Daniel, perdoe-o ele não sabe o que diz rsrs. quem ama a Deus faz das tripas coração para louvá-lo e engrandecer o seu nome, se possível deixa ate de comer ou de vestir para adorá-lo isso é um fato

  12. Estimado Pr. Daniel, temos acompanhado o seu Ministério aqui em Jaru/RO. E temos orado, e cantado muito também. Que o Grande Deus continue abençoando, se forte e corajoso, mesmo diante as adversidades. Aqui na Igreja estamos montando uma mini, mini, orquestra com os adolescentes e no mês de setembro será a apresentação, com o nome Filhos de Israel, Deus seja louvado!!

  13. É triste perceber que, embora sejamos uma igreja rica no tocante à literatura, estudos bíblicos pouco muitos de nós tem aprendido sobre cristianismo! Não podemos julgar as pessoas isso é lamentável!
    Música é uma questão de prioridade! Sou adventista e sirvo na música da igreja colaborando com corais por 19 anos e noto que os queridos irmãos que, em algumas situações, se levantam fazendo críticas têm dificuldade em compreender que a Música exige dedicação e trabalho. Há quem diga o contrário, lamentavelmente, mas também não sou rica! Meu filho toca violão e, para honra e glória de Deus, tem ido muito bem, embora não frequente um Conservatório. Precisamos ser cristãos ativos! Acomodação resulta em murmurações!!!

  14. É triste perceber que, embora sejamos uma igreja rica no tocante à literatura, estudos bíblicos alguns de nós tem aprendido pouco sobre cristianismo! Não podemos julgar as pessoas, isso é lamentável!
    Música é uma questão de prioridade! Sou adventista e sirvo na música da igreja colaborando com corais por 19 anos e noto que os queridos irmãos que, em algumas situações, se levantam fazendo críticas têm dificuldade em compreender que a Música exige dedicação e trabalho. Há quem diga o contrário, lamentavelmente, mas também não sou rica! Meu filho toca violão e, para honra e glória de Deus, tem ido muito bem, embora não frequente um Conservatório. Precisamos ser cristãos ativos! Acomodação resulta em murmurações!!!

  15. Não gosto de meter o nariz onde não pedem minha opinião sobre o assunto, mas o comodismo muito me irrita. Meu primeiro instrumento foi um violão “de Tonante”, pra quem lembra, que nem afinação pegava direito devido ao braço ser torto, paguei quantos? Não faço ideia, cerca de 20 anos atrás não lembro nem qual era a moeda brasileira. Cantava as músicas de bandas que gostava, fazendo meu próprio playback ao vivo, voz e violão. Quero agora aprender a tocar acordeon, guardei “dim dim” 6 meses para custear a vinda de um da Alemanha por ser muito caro aqui no Brasil. Onde foi que eu errei nisso tudo?

  16. Também posso ser citado como exemplo. A primeira coisas que planejei quando comecei a trabalhar foi comprar um teclado com os primeiros salários. E quando me pergutaram o que queria de presente de aniversário, aos 15 anos, pedi um trompete para tocar na igreja já que tinha aprendido o básico de teoria musical. Concordo plenamente que é necessário disposição tanto financeira quanto de tempo para aulas e ensaios.

  17. Infelizmente é do ser humano usar “muletas” para justificar suas deficiências. Essa criatura que fez esse comentário infeliz é um exemplo clássico disso! Frequentei a igreja por mais de 20 anos, no começo uma igreja pequena próximo da minha casa, depois o UNASP CAMPUS I onde a musica é muito levada a sério, e eu sei que não só lá, mas a musica ocupa um espaço importante dentro da comunidade adventista. O fato é que tanto na igreja humilde, como na “aparentemente mais abastada” esse departamento é tratado com o mesmo carinho e cuidado. Hoje não frequento mais a igreja por outros motivos que não vem ao caso, mas a musica adventista ainda faz e sempre fará parte da minha vida, pois com certeza é o instrumento mais usado por Deus para aproximar-nos a Ele.
    Conheci o trabalho do Pastor Daniel pela N.T. e achei incrível! Não apenas pela música mas pela verdade que ele transmite em suas mensagens. Adquiri o DVD e não vi em momento nenhum exaltação do próprio ou a super valorização do poder aquisitivo.
    Acredito que a igreja possui muitos problemas, mas este Ministério em questão não me parece ser um deles. Se alguém se sente injustiçado pela simples ausência de um play-back deve avaliar as razões pelas quais professa sua fé.
    Pastor, que Deus continue abençoando seu ministério. As críticas sempre existirão, mas os que lhe admiram também estarão lá para o amparar.
    Deus te abençoe.

      • sim, sim! Sou “vizinha” do UNASP e trabalho para a institução! Acho que jamais cortarei o cordão umbilical…
        rsrsrsrs…
        Muito bom saber que sou sua “vizinha” também!
        Quando se apresentar no UNASP ou em alguma das igrejas da região estarei por lá.
        Que Deus continue contigo!

  18. toco flauta doce em minha igreja aprendi pela internet e uma flauta dessa da yamaha custa 40,00R$ e ainda divide no cartão então dá sim pra ter musica instrumental na igreja é só quer e deixar de reclamar!

  19. Sou da IASD Central de Paranaguá – PR. Minha igreja é pequena, pois é do interior. Mesmo sendo a sede do distrito não é muito grande, mas de uns tempos pra cá os jovens apaixonados pela música começaram a mudar a realidade dos cultos, estão aprendendo a tocar instrumentos. A igreja incentiva com o lugar para terem aulas de música. Cada um comprou seu próprio instrumento. A igreja também possui um piano, mas não é de hoje, tem desde quase o princípio das atividades. Mas tocar um instrumento depende da dedicação de cada pessoa. Eu por exemplo não seria um bom instrumentista, mas gosto muito de ouvir a música ao vivo.

  20. Assim que conheci os DVD’s Salmos e Filhos De Israel logo procurei os playback’s,não encontrava de maneira nenhuma até que conheci o seu blog e logo vi a postagem sobre o porque de não haver playback..
    Eu sinceramente fiquei maravilhado pois nunca havia pensado na possibilidade de incluir instrumentos na igreja,e eu com o tempo comecei a me apaixonar pelas musicas e eu queria cantar em minha igreja mais a minha dificuldade era não saber tocar, até pensei em cantar a capela mais ai me veio um espirito de amizade e companherismo e chamei meu amigo Dayvisson Vieira pra ensaiar umas musicas e cantar.. ele logo buscou as cifras e aprendeu a tocar as musicas.
    A partir dai vimos como é bom e legal uma musica instrumental e como da até mais sentido a musica, pois saimos do comum (playback’s) pra algo diferente e inovador(musica instrumental) e hoje com o Jesus Luz Do Mundo mesmo com os playback’s iremos continuar com o violão..
    Muito obrigado Daniel.. Graças a você implantamos a musica instrumental em nossa igreja,e é uma benção..
    Que Deus possa continuar te iluminando,que suas musicas seje um instrumento para levar a mensagem do evangelho ao mundo.. Grande abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s